Eleição 2008: Quem você vai assistir esta noite?


Há mais cobertura eleitoral televisionada hoje à noite do que você pode imaginar - mas nem todas as redes são iguais.

Um estudo recente tentou rastrear o conhecimento do público americano sobre assuntos atuais e descobrir se havia alguma correlação entre o nível de conhecimento do cidadão médio e sua fonte de notícias preferida.

Os resultados do estudo?

Bem, eles podem surpreendê-lo.

Os espectadores regulares do Daily Show e do Colbert Report - sim, os programas de notícias falsas - atingiram o topo das descobertas, com 54% do público caindo na categoria de “alto nível de conhecimento”.

A audiência da National Public Radio atingiu a marca de 51%, enquanto a CNN pode reivindicar 41% dos telespectadores com um "alto nível" de conhecimento de relações públicas.

Quanto à Fox News?

A rede ficou em segundo lugar, com 35% dos telespectadores qualificados para um alto nível de conhecimento. A única fonte de notícias com um histórico pior do que a Fox: programas matinais da rede. Ai.

Claro, não há causalidade implícita aqui. Os fiéis espectadores de Stewart e Colbert não adquirem necessariamente um conhecimento maior assistindo aos dois programas; eles podem simplesmente ter bom gosto, bem como uma sólida compreensão dos assuntos atuais.

No entanto, estejam eles aprendendo com os programas ou não, os cidadãos mais bem informados da América estão assistindo Jon Stewart e Stephen Colbert. Diz algo sobre o estado da mídia convencional quando aquele público central de espectadores engajados está se voltando para a sátira, não é?

Para aqueles que possam estar interessados: o especial da eleição de 2008 do Comedy Central's Indecision vai ao ar hoje às 22h, horário do Pacífico.

Para todos os outros: a quem você está assistindo esta noite e por quê? Como você escolhe qual rede receberá seu “voto”?

(Har har.)

Feliz dia das eleições, pessoal!


Assista o vídeo: Raul seixas- Metamorfose ambulante


Artigo Anterior

A Taste Of The Anarchist’s Cookbook

Próximo Artigo

Humanidade conectada é Deus