Postagem de blog interessante sobre mídia social e ativismo


Confira esta postagem do blog no GIGAOM, escrita em resposta às afirmações de Malcolm Gladwell (autor de The Tipping Point) de que a mídia social é irrelevante quando se trata de “ativismo real”: Gladwell Still Missing the Point About Social Media and Activism. Os comentários em particular são muito interessantes.

Para mim, o parágrafo principal da postagem é este:

Mas, como argumenta o professor de sociologia Zeynep Tufekci em uma postagem de blog em resposta a Gladwell - e como argumentamos em uma postagem recente aqui - a questão não é que ferramentas de mídia social como Twitter e Facebook causem revoluções em qualquer sentido real. O que eles fazem muito bem, no entanto, é conectar pessoas de maneiras muito simples, e fazer essas conexões de uma maneira muito rápida e amplamente distribuída. Este é o poder de uma sociedade em rede e de redes de comunicação baratas e em tempo real.

Pessoalmente, acho que muitas pessoas estão perdendo o ponto. Ninguém está reivindicando seriamente as redes sociais causou, por exemplo, o levante egípcio. Isso se deveu a décadas de repressão política brutal e piora das condições econômicas. Mas as redes sociais - em particular o Facebook e o Twitter - foram eficazes ferramenta usado por:

  • ativistas / manifestantes para ajudar a organizar as manifestações e se comunicar durante elas
  • jornalistas, blogueiros e ativistas devem compartilhar informações do Egito com o mundo exterior

Se o levante poderia ter ocorrido sem o uso das redes sociais é um ponto discutível. Mas descartar o papel do Facebook e do Twitter como irrelevante é ridículo.

O que você acha?

[obrigado a Cheri Lucas por me enviar a postagem GIGAOM]


Assista o vídeo: Analyzing your results with SurveyMonkey


Artigo Anterior

Doze maneiras de experimentar o Rio de Janeiro como um carioca

Próximo Artigo

Aumente sua felicidade e criatividade agindo como uma criança